pexels-maggie-my-photo-album-1134062

A importância das flores e plantas para o desenvolvimento da criança

Ter flores em casa vai além de uma simples decoração, elas podem também melhorar sua vida e trazer ensinamentos.

Muitos estudos comprovam os benefícios da natureza em nossa casa. Especialistas da Universidade Estadual de Nova York (EUA) constataram que as plantas são efetivas na remoção de toxinas conhecidas como compostos orgânicos voláteis, substâncias que contribuem para o acúmulo de poluição do ar em ambientes fechados.

E não é só no ambiente que elas influenciam, o humor também pode melhorar, a concentração e inclusive o nível de felicidade.

Para as crianças isso não é diferente. Ter a rotina em contato com a natureza é quase que uma aula de Biologia todos os dias dentro de casa.

Com flores e plantas seu filho pode:

Desenvolver os sentidos, o toque e o olfato os ensinarão a diferenciar as texturas de cada flor e seu aroma.

Ensina a noção do ciclo de vida e cuidar dos seres vivos, aqui você pode até mesmo comparar a planta aos humanos, e explicar que a plantinha assim como nós, sem alimento, pode ficar fraca e doente.

Aprende a ter responsabilidade, seu filho pode ser o responsável pelo cuidado das flores, e se esse dever for não cumprido, a plantinha denunciará.

O respeito a natureza também é um ponto extremamente importante e pouco lembrado. Se ensinarmos agora a importância do meio ambiente aos nossos filhos, o cuidado, o preservar, estamos fazendo nossa parte não só na educação mas também no nosso próprio futuro.

Gostou da dica? Então procure a rede de supermercado, Garden ou floricultura mais próxima e junto de seu filho escolha as mais lindas para sua casa!

Fonte: Revista Crescer.

Broto de hortensia 2

Aprenda 2 truques infalíveis para sua hortênsia em vaso durar mais tempo

Como não amar as hortênsias não é mesmo? 😍

E vê-las sempre lindas é melhor ainda! Por isso hoje vamos te ensinar 2 simples truques que farão com que sua hortênsia dure muito mais tempo.

A hortênsia é amante de água e luz, então vamos usar estes aliados para que ela dure muito mais.

Truque 1: Deixe sua Hortênsia em uma local arejado e com luz indireta, o sol pleno pode queimar as folhas e flores. Quanto mais luz e calor mais água ela vai precisar, sendo ideal uma irrigada mais intensa logo pela manhã e uma moderada no final do dia.

Truque 2: Para a primeira rega do dia, pegue um balde cheio de água e mergulhe o vaso. Isso mesmo, deixe o vaso com o substrato totalmente submerso, por cerca de 5 minutos, até perceber que as bolhinhas de ar pararam de sair. Erga o vaso, deixe escorrer toda a água dos furinhos do vaso e pronto! Volte-a para aquele canto especial de sua casa.

A segunda rega por ser moderada pode ser feita da maneira convencional, com um regador molhe toda a superfície da terra, deixando um pouco de água no pratinho. Mas lembre-se! Coloque areia no pratinho para evitar que o mosquito da dengue bote seus ovos.

Elas são delicadas e por isso precisam de sua ajuda para se manter florida por mais tempo.

Quer saber mais sobre quantos dias regar, quais substratos são ideais, e tudo o que é recomendado para o seu cuidado básico? Clique aqui e aprenda com o Dr. Symphony!

Phalaenopsis-Cuidados

As flores da minha orquídea Phalaenopsis caíram, e agora?

Muitas pessoas fazem esta pergunta após o término de floração de uma orquídea.

É importante salientar que, as flores são um ciclo, e um dia elas se vão, mas florescerão novamente.

As Phalaenopsis passam por etapas até sua floração, começando pela indução, nos períodos de temperaturas mais amenas, entre 17 a 21°C. É nesta fase que suas hastes crescem e se fortalecem para receber as flores. Quando a temperatura aumenta, consequentemente as flores aparecem, e dependo dos cuidados que receberem em casa, podem durar em média 3 meses ou mais. Mas vale lembrar que não existe um mês exato para a floração, pois ela varia de acordo com o clima de cada região.

E quando as flores caem, o que realmente deve ser feito?

O primeiro passo é cortar as hastes, deixando apenas cerca de 3 cm. Mas para isso é necessária uma boa ferramenta de corte, pode ser uma tesoura de poda ou uma tesoura comum que tiver em sua casa, desde que esteja afiada e não esmague a haste no momento do corte.

Neste passo é preciso muita atenção, não vá pegando a primeira tesoura que ver pela frente e logo ir cortando a haste floral da orquídea.

A ferramenta que for utilizar para o corte precisa estar esterilizada. Recomendamos que use um copo de vidro que caiba toda a lâmina. Tendo isso, faça uma misturinha, metade água e cerca de 10ml de cloro, e deixe sua tesoura mergulhada por um momento.

Agora, sem dor no coração, é hora de cortar a haste floral, e fique tranquila (o),  você está fazendo um bem danado para sua orquídea, pois agora ela terá suas energias concentradas para desenvolver sua haste e produzir novas flores.

Vale lembrar que a cada corte feito, é importante mergulhar novamente a tesoura no recipiente, dessa forma você garante que não passará contaminação de uma haste para outra.

Feito tudo isso, vem a etapa mais importante, a etapa da paciência e carinho com sua orquídea. Continue cultivando e seguindo os cuidados básicos de iluminação, ventilação, adubação e umidade. Em breve a surpresa virá! Para saber seus cuidados básicos clique aqui.